Resenha: Real, Louco, Mortal – Hanna Jayne

IMG_8430

Sinopse:

Sawyer Dodd sempre desperta inveja por onde passa: é uma excelente aluna, uma atleta dedicada e é a namorada de Kevin Anderson, o sonho de consumo de qualquer garota! Mas, quando Kevin morre num trágico acidente de carro, e ela encontra em seu armário um enigmático bilhete que contém apenas a inscrição “De nada”, Sawyer vê seu mundo virar de cabeça para baixo. Alguém sabe o que Kevin fazia com ela. Alguém sabe que eles não eram o casal perfeito que pareciam ser. E esse alguém é um assassino que está no encalço de Sawyer, acompanhando todos os seus movimentos… Mortes, intrigas, perseguições, em uma narrativa alucinante onde ninguém é o que parece ser!

Impressões e Citações:

Sawyer absorveu aquela palavra, forte. Quando o casamento dos pais ruiu, as pessoas disseram que ela era forte, só porque ela não havia começado a se cortar nem levado uma arma para a escola. Mas ela não era forte.

Nem de longe Sawyer era forte. Assustada e burra, eu diria, mas não forte. Sawyer perde o namorado em um acidente que, em seguida, descobre não ter sido um acidente. Ela começa a receber outros indícios de que alguém a está perseguindo e matando as pessoas ao seu redor. Ao invés de ser uma adolescente normal e apenas correr e contar-tudo-para-o-papai, Sawyer começa a desconfiar de tudo e de todos, enquanto as coisas só vão piorando.

Sawyer fica a todo momento dividida entre a “obrigação de estar triste” pela morte de seu namorado e um evidente alívio que sente, que não é de se estranhar, já que ela sofria violências físicas e psicológicas de seu namorado perfeito.

IMG_8429

Filha de pais divorciados, Sawyer mora com o pai e com a madrasta. Sua mãe, uma advogada de sucesso, vive em outro estado. Sua relação com o divórcio dos pais e com a chegada da madrasta é a que se espera de uma adolescente: revolta e resistência. A situação piora com a gravidez de Tara, sua madrasta, que causa ciúmes em Sawyer.

Um galho se quebrou atrás dela, e Sawyer prendeu a respiração, com medo de se virar – e com medo de não se virar.

O livro tem uma narrativa tão envolvente e misteriosa, como um bom thriller deve ser, que eu concluí a leitura em menos de um dia. Sawyer é uma personagem principal que nos faz sentir raiva das coisas que ela faz, e é esse envolvimento passional que tornou a leitura tão boa.

Ficamos o tempo todo nos perguntando se um ou outro personagem é o admirador-assassino. Todos tem motivos para serem suspeitos e, ao mesmo tempo, todos são insuspeitos demais. O livro aborda a violência e a obsessão do perseguidor com maestria e nos mostra até onde uma mente doente pode ir.

IMG_8431

Eu recebi esse livro da parceria do blog com a Companhia Editora Nacional e, já de cara, foi o que mais me atraiu e acabei o escolhendo como primeiro livro da parceria para ler. Foi uma leitura emocionante e tive oportunidade de conhecer, e aprovar, o trabalho da autora Hanna Jayne, já que eu ainda não havia tido nenhum contato com a escrita da autora.

Nota: 

Real, Louco, Mortal – Hanna Jayne

REALN_LOUCON_MORTAL_1392573612PTítulo Nacional: Real, Louco, Mortal
Ano de Lançamento: 2014
Número de Páginas: 264 páginas
Editora: Companhia Editora Nacional
Tradutor: 
Rodrigo Mendes de Almeida

Título Original: Truly, madly, deadly
Ano de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 272 páginas
Editora: Sourcebooks Fire

Quem quiser acompanhar o Olhando por aí é só seguir:  Fanpage ❤ Youtube ❤ BlogLovin’ ❤ Instagram ❤ Twitter ❤Skoob ❤ Goodreads

tayna

3 comentários em “Resenha: Real, Louco, Mortal – Hanna Jayne

  1. Adorei a resenha Tayná!
    A sinopse me lembrou um pouco o livro “13 porquê” do Jay Asher, mas nele quem morre é a garota! (Recomendo a leitura tbm!)

    Esse livro vai para a minha lista de quero ler!!

    Beijos,
    Ana.
    Nk Cherry

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s